Dia da Consciência Negra: a ligação com o rock, blues e jazz
18/11/2018 19:06 em Let's Rock

 

No dia 20 de novembro é celebrado no Brasil o Dia da Consciência Negra. A data faz referência a morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, que lutou para preservar o modo de vida dos negros africanos escravizados que conseguiam fugir da escravidão. A data existe para que se reflita a respeito do precoceito e injustiça social sofridas pela população negra.

E o rock tem sim muita raiz com músicos negros. Enquanto alguns apontam que elementos do country (branco) ajudaram a constituir o rock, outros argumentam que o preconceito e o racismo foram determinantes para entronar Elvis Presley como rei do rock. Nada contra Bill Halley, Elvis, Beatles, Beach Boys, Rolling Stones, mas é preciso reconhecer a ligação negra com o rock. Acompanhe.

 

 

Rosetta Tharpe

 

 

Rosetta Nubin (20 de março de 1915 – 9 de outubro de 1973), conhecida como Sister Rosetta Tharpe. E antes que qualquer um pudesse imaginar Chuck Berry tocando sua guitarra como se tocasse uma campainha, Rosetta já dominava de forma exemplar o rock ‘n’ roll em sua Gibson SG branca, acompanhada de letras e refrões dedicados a Deus e à Igreja.

A Mãe do Rock ‘n’ Roll era a exceção em uma época em que pouquíssimas mulheres podiam tocar guitarra. Começou sua carreira aos quatro anos de idade, influenciada pelo jazz e pelo blues produzido pelos afroamericanos. Sua aproximação com a igreja vem desde cedo e influenciou diretamente sua obra.

Quando gravou seus primeiros registros enfrentou diversas críticas por misturar música sacra com ritmos até então atrelados ao pecado e ao diabo e por incentivarem danças mais sensuais do que permitia a época. Em 1944, lançou a música “Strange Things Happening Every Day”, considerada por muitos a primeira gravação da história do rock ‘n’ roll.

 

Bo Diddley

 



Diz a lenda que na primeira aparição dos Beatles nos Estados Unidos, em 1964, a coisa que mais interessava o beatle John Lennon no país era Otha Ellas Bates McDaniel, conhecido como Bo Diddley, um dos pioneiros do rock ‘n’ roll americano nos anos 50.

Bo tinha uma batida única e característica em sua guitarra, chamada de “Bo Diddley Beat”. A técnica lembra o gingado da rumba e tem origem no ritmo dos tambores do oeste africano. Esse tipo de batida era identificado em muitos dos grupos de escravos sequestrados que foram levados às Américas durante o colonialismo europeu.

Proibidos de possuir seus tambores tradicionais, os cativos usavam seus corpos para produzir as batidas. Alguns registros mostram que as crianças negras também produziam o som com uma espécie de guitarra com uma corda, chamada “Diddley Bows”. Tal fato pode explicar o nome artístico de Otha Ellas.

Diddley também era conhecido como “The Originator”, por ser um dos criadores do rock ‘n’ roll nos anos 50. O músico se orgulhava do título, apesar de sempre reclamar que sua posição foi “tomada” por Elvis Presley: “eu estou cansado de todo mundo falando de Elvis. Eu e Chuck Berry criamos o rock ‘n’ roll”.

Sua música influenciou diversas músicos das gerações seguintes, desde Buddy Holly e Yardbirds até o U2.

Chuck Berry

 



Chuck Berry nasceu em St. Loius, estado do Missouri, nos EUA, em 1926. Ele é o autor de canções históricas como Johnny B. Goode (não, ela não é do Martin McFly), Roll Over Bethoven, Maybellene, Sweet Little Sixteen e School Days.

É citado por muitas bandas e guitarristas como uma das maiores influências do rock, sendo um nome importante para a consolidação do gênero nos anos 50. Berry conseguiu fazer uma das misturas mais competentes de rhythm and blues e country music para produzir o rock ‘n’ roll cinquentista. Suas músicas descreviam a vida na escola, incentivavam a dança, falavam de carros rápidos e romances adolescentes.

 

Outros nomes imortalizados de músicos negros no rock, blues e jazz: Little Richard, Muddle Waters, B.B. King e Louis Armstrong. E de origem mais "recente", jamais deixaríamos de lembrar de Jimi Hendrix.

 

Jimi Hendrix

 

 

Jimi Hendrix, guitarrista, cantor e compositor norte-americano. Em praticamente todas as listas já publicadas de melhores guitarristas da história, ocupa o primeiro lugar, e um dos mais influentes músicos de sua era.

 

Little Richard

 

 

 

Muddle Waters

 

 

 

BB King

 

 

Louis Armstrong

 

 

 

COMENTÁRIOS